Publicidade

Publicidade
30/07/2006 - 23:55

As bodas de prata da MTV

Compartilhe: Twitter

À meia-noite do dia 1º de agosto de 1981, a MTV norte-americana iniciava suas transmissões com o clipe “Video Killed the Radio Star”, da banda britânica The Buggles. A pequena equipe de produção pegou um ônibus escolar até a cidade de Fort Lee, em Nova Jersey, parar assistir à estréia em um pequeno aparelho de TV no porão de um restaurante – porque os canais a cabo de Nova York ainda não ofereciam a nova estação.

Amanhã, a MTV completa 25 anos no ar. A porta-voz informal da juventude globalizada está ficando velha. Ninguém mais se lembra dos Buggles. Mas, como todos sabem, já não é preciso ir longe para assistir à emissora. Nesse meio tempo, ela virou uma das maiores forças da indústria cultural americana, com ramificações no mundo todo.

A MTV foi decisiva para moldar a cultura pop nesse último quarto de século – como mostra uma reportagem do jornal “USA Today” sobre 25 momentos-chave de sua história. A emissora ajudou a forjar mitos (o Michael Jackson de “Thriller”, a Madonna de “Like a Virgin”), a popularizar formatos televisivos (o “reality show” de “The Real World” ou “The Osbournes”), a consolidar gêneros musicais (o rap de “Yo! MTV Raps”).

Mas, para cada boa ação, houve um efeito nocivo de impacto ainda mais profundo. A MTV criou uma embalagem moderna para vender uma idéia antiquada de rebeldia, ajudou a formar uma geração de consumistas à beira da patologia, elevou ao cubo o narcisismo e o voyeurismo da cultura da celebridade. Pior de tudo: transformou a boçalidade em ideal de vida para a juventude, com programas como “Jackass”, “The Tom Green Show” e “Spring Break”, entre muitos outros.

A MTV Brasil nunca teve a mesma importância da americana. Por isso mesmo, durante muito tempo a emissora pôde ser mais independente e criativa que a original. De uns anos para cá, porém, a programação caiu em uma certa pasmaceira e em um excesso de auto-referências. Como sua irmã americana, ela envelheceu precocemente e precisa de uma recauchutagem com urgência.

Autor: - Categoria(s): Posts Tags:

Ver todas as notas

60 comentários para “As bodas de prata da MTV”

  1. Mauro disse:

    A MTV só foi boa no seu início, com um formato diferente dos demais canais de televisão. Realmente eu adorava. Ficava esperando chegar 11:00 da manhã pra ouvir o refrão que todos os VJs falavam “BOM DIA FLOR DO DIA”. Tudo era bom as vinhetas, os comerciais, os cenários e foi boa por uns 5 anos, depois foi se deteriorando e hoje é um lixo, com a excessão TOP TOP. Mais do jeito que a coisa vai logo eles acabam com esse progama. Não consigo mais assistir a MTV!!!

  2. O que dizer dessa emissora que apresenta um programa chamado “Ponto P” que originalmente seria para orientar sexualmente uma juventude cada vez mais perdida nessa área, porém é apresentado por uma mulher (que mais parece um traveco) chamada Penélope, de VJ não tem nada e não tem a mínima competência para falar sobre o assunto na TV? Mas também é claro tem seus momentos bons, não são muitos, mas existem. Concordo com o Calil, recauchutagem já!!!!

  3. Marcio Leandro disse:

    Existem duas MTV´s, a diurna que vai até o horario nobre e só tem lixo, desde as músicas até os programas.
    Por outro lado, existe a noturna onde temos música de verdade, coincidência ou não, os VJ´s quase naum aparecem e a “musica????” adolescente idem.

  4. julianoramos disse:

    por mais que a mtv brasileira tenha varios programmas toscos , é a melhor tv aberta (nao sei se em todos lugares) do brasil , a mtv americana sim que é muito besta, nao necessariamente jackass que é pra ser avacalhado mesmo, mas akeles “reality shows” , ache sua mariah carey , quero ser lider de torcida, joguinhos …..

  5. Mário Lucas disse:

    De uns 4 anos pra ca a MTV tem deixado de ser uma alternativa diferenciada, e caido na mesmice das demais emissoras…
    Acho mto bom o conceito de uma TV onde a musica, a cultura e a juventude são Temas centrais…Porem, este conceito inicial tem ficado em segundo plano para besteiras como o programa Beijo Sapo, infelizmente…

  6. Aline disse:

    Descobri a mtv nos anos 90´eu simplesmente adorava aquel~er misto de tv, cinema e muita música brasileira.
    Agora……………….só resta daquele tempo a Marina Person e o Cazé. Bons tempos

  7. abstrato disse:

    juliano ramos

    ahauheaheua…trabalhas na MTV? estas defendendo teu emprego? so pode…ahauhauah

    se pensar bem pensado a MTV eh tao ou pior que a REDE TV, my brother….

  8. Fernanda disse:

    Saudades do Gastão, da Cuca, da Astrid (antes dela virar axé-band-bahia), Fabio Massari … agora o que se vê é uma mistura de modelo-manequim, patricinha-porra-loca, tem ums VJs que são muito ruins … tem umas gemêas que ninguém merece …

  9. alice otto disse:

    MTV=catálogo de roupas e comportamento (que muitas vezes são a mesmíssima coisa). Aliás, não poderia ser diferente, já que grande parte da música popular, seus clipes e artistas tb não passam de catálogos de vendas de produtos.

  10. Rogge disse:

    A MTV é um dos maiores instrumentos de idiotização da moçada brasileira. Fiquei deprimido diante de certas análises nos comentários. O nívél da MTV é tão baixo que nem cabe tanta notícia sobre o assunto. A mídia sem escrúpulos reforça essa idiotização. O que mostra que ela não está muito acima disso.

  11. Bruno Forster disse:

    Sim, um dia gostei um pouco da MTV, talvez no começo quando existiam VJs de verdade que pelo menos pareciam conhecer de música (é o mínimo esperado!). Tinham desenhos bem alternativos e uma programação mais voltada para o nome da emissora. Hoje, triste, não tem nada, nada de bom! É asqueroso ver estes novos Vjs… duas gêmeas(nem sei o nome) que mal sabem falar, tá na cara que lêem tudo no telepronter e não tem a mínima cultura. Aquele tal de Rafa… putz inenarrávelmente ruim, a Penélope… coloca ela pra falar de música. Pra mim a MTV acabou! Pode afundar, ser sepultada que eu nem vou ne enterro. Tenho pena é da juventude vendo tanta porcaria voltada só pro consumo. Mas alerto: Não compra nada não… baixem tudo pela net! Vamos destruir essa indústria fonográfica maldita. Artistas fiquem espertos vendam tudo pela internet!
    [ ]’s

  12. JOÃO Paulo disse:

    A única coisa que tenho a reclamar da MTv é a de não ser mais seu público alvo.

  13. Márcio HT disse:

    O que está matando a MTV é o formato do tosco “hip hop” atual: uma gostosona gemendo e um rapper apregoando seus dotes físicos e sua gorda conta bancária.

    Esse revival de bandas dos anos 80 tambpem não ajuda em nada. Muito pelo contrário, apenas constrange quem já passou dos 35.

    Bye.

  14. João disse:

    A pior coisa que apareceu na televisão brasileira. Essa MTV é uma grande merda.

  15. um passante disse:

    Qdo era apenas uma canal de musica, mesmo inserindo os insuportaveis raps, era legal..qdo passou a querer ser porta-voz da “mudernidade” abordando assuntos diversos de forma quase irresponsável,com gente idem, acabou…sinto saudade de uns bons programas da minha época…Furia Metal e por aih vai…

  16. um passante disse:

    Pontos horrorosos q chamam a atençao:1-O q é aquele “Beija-Sapo” com a super-idiota maria chuteira no comando?2-O q é aquela horrorosa e grossa Penelope?3-Q gemeas são aquelas?diz pra elas pegarem menos pesado no pó…musica legal, q é bom, neca… a ultima coisa legal q vi lá foi “Piores Clipes”…

  17. Kitty Pryde disse:

    MTV é uma merda, todos sabemos. Agora que botaram as gêmeas do programa “Popstars” (sim, elas quase foram Rouge), ficou insuportável. Eu comecei a ver MTV mais frequentemente em 98, quando colocamos TV a cabo. Eu adorava. Agora não dá pra ver mais, só passa CPM 22, MY Chemical Romance, e bandinhas feitas para posers adolescentes de hj em dia. Apesar de tudo, a MTV deu um passo a frente (mas só um) com o MTV LAb, tirando clipes do fundo do baú, e passando sem nenhum VJ mala apresentando. Pena q é num horário pra ninguém ver. Quem já teve a oportunidade de ver MTV Latina, como eu tive, nunca mais se conforma de ter q assistir MTV BR. A MTV LA é 1000 vezes melhor, passa (Ou passava, pois faz tempo q não vejo) muito clipe, quase não tinha VJs (se tinha 2 era muito), e tinha muita música latina bacana, como Juanes e Natália Lauforcade. MTV é bosta, mas não temos muita opção mesmo. O pior é quando alguém pergunta na MTV se existe um tal clipe, e o VJs pau mandados dizem que não existe, sendo que já passou várias vezes em outras emissoras de música. Eles dizem isso pra encobrir o fato deles atrasarem séculos as estréias d clipes. Pode crer que se estreiou o clipe de um artista na MTV BR, é pq já tem outro mais novo ainda passando nos EUA e europa. Graças a Deus tenho TV a cabo.

  18. jade disse:

    a MTV é mto boa!!!!!!]
    RBD lá vamos nós

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo