Publicidade

Publicidade
26/11/2006 - 00:04

Wenders e Salles falam sobre filmar nos EUA

Compartilhe: Twitter

Na “Folha de S. Paulo” de hoje, há uma bela entrevista de Marcos Strecker com o cineasta alemão Wim Wenders e o brasileiro Walter Salles, feita em Salônica (Grécia). Os dois cineastas foram homenageados pelo Festival Internacional da cidade e convidados a dar uma “master class” sobre “road movies”, gênero no qual podem ser considerados mestres, como provam respectivamente “Paris, Texas” e “Central do Brasil”.

Na entrevista, eles falam sobre a experiência de filmar nos Estados Unidos. Wenders foi produzido por Francis Ford Coppola em “Hammett” (1982), talvez o maior fracasso de sua carreira. Agora Salles também dirigirá uma produção do grande cineasta americano na adaptação do clássico “On the road”. Wenders aproveitou a ocasião para dar um conselho a Salles:

“Sei que Francis não é mais o produtor teimoso que costumava ser. (…) Acho que a experiência comigo pode tê-lo transformado no produtor ideal para ‘On the Road’. Não saberia que conselho dar agora a você. Acho que seguir seus instintos, já que Francis te chamou. Acho que foi uma grande idéia sua pensar: espere um minuto, deixe eu antes explorar o território e ver o que está acontecendo [a respeito do documentário “Searching for On the Road”, que Salles já filmou e está editando]. O pior que pode acontecer é ele ficar melhor do que o filme… (risos) Desejo de coração que você faça [“On the Road”]. Ao mesmo tempo, conheço as armadilhas e espero que você não caia nelas, ainda que algumas já pertençam ao passado.”

Vale a pena dar uma olha na entrevista completa (para assinantes da Folha, aqui).

Autor: - Categoria(s): Posts Tags:

Ver todas as notas

2 comentários para “Wenders e Salles falam sobre filmar nos EUA”

  1. Paulo Cesar disse:

    Eu comprei meu primeiro video em 1985 encomendado de um amigo que trabalhava em Manaus. Era um National que eu tenho até hoje e cujo metade dos comandos nao conheço até agora. O primeiro passo foi ficar socio de uma locadora e alugar um filme chatisimo cujo nome esqueci.

  2. Thiago disse:

    Admiro o cinema do Walter Salles, mas só por ser um cineasta cuja marca registrada são seus road movies, não significa que ele esteja capacitado para dirigir On The Road, o universo sujo, rico e dinâmico de On The Road deveria ser dirigido por um cineasta sujo, rico e dinâmico… coisas que Salles não é.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo