Publicidade

Publicidade
20/01/2007 - 00:01

Em Tiradentes, os melhores da década

Compartilhe: Twitter

Para celebrar seus dez anos de existência, a Mostra de Cinema de Tiradentes (MG), que foi aberta ontem e vai até o próximo dia 27, programou uma edição especial com o tema “Vitalidade do Cinema Brasileiro”.

Além de exibir novos trabalhos em longa, curta e vídeo, o festival pretende discutir os rumos tomados pelo cinema nacional nessa última década e apresentar alguns dos filmes brasileiros que se destacaram no período.

Estive na Mostra de Tiradentes no ano passado e posso atestar que se trata de um dos festivais mais sérios, democráticos e charmosos do país – com ótima programação de filmes, debates e oficinas, sessões gratuitas freqüentadas pelos moradores da região e com uma das mais bonitas cidades históricas mineiras como cenário.

Neste ano, a curadoria de longas é feita por um dos principais críticos brasileiros: Cléber Eduardo, que também divide a de curtas com Eduardo Valente. Na revista Cinética, da qual são editores, os dois discutem os critérios de sua curadoria.

Para escolher os homenageados dessa décima edição, a organização do festival convidou 41 pensadores, teóricos e críticos para escolher os filmes, os atores e o diretor da década no Brasil.

Na categoria de filmes, deu “Central do Brasil” (1998), “O invasor” (2001) e “Cidade de Deus” (2002). Lázaro Ramos e Matheus Nachtergaele foram escolhidos como os atores da década. E Beto Brant ficou como melhor diretor. Uma lista consistente.

Meus votos foram respectivamente para “Lavoura arcaica”, Matheus Nachtergaele e Eduardo Coutinho. E você, quem escolheria nessas três categorias?

Autor: - Categoria(s): Posts Tags:

Ver todas as notas

17 comentários para “Em Tiradentes, os melhores da década”

  1. Francisco disse:

    Lavoura Arcaica faz por merecer. Pessoalmente, porém, me agrada muito um filme que não apresenta pretensão alguma: O caminho das nuvens. E sem menosprezar Matheus Nachtergaele, fico com Lázaro Ramos e Wagner Moura.

  2. Francisco disse:

    *Quanto à direção: Jorge Furtado, eficaz, sempre!

  3. Rodrigo disse:

    Xuxa. E também, não poderíamos esquecer de sua irmã gêmea.

  4. izaq bast disse:

    pô Rodrigo , o negocio aqui é sério!!!

    fico com Fernando Meirelles,claro , Matheus e Lazaro Ramos com certeza , dois grandes nomes do cinema e da televisao brasileira dos ultimos tempos.

  5. izaq bast disse:

    por incrivel que pareça nunca assiti cidade de Deus.

  6. andre lopes disse:

    Diretor: Walter Salles
    Filme: “Lavoura Arcaica”
    Ator: Matheus Nachtergaele

    Nunca gostei de Beto Brant, especialmente de “O Invasor”.

  7. Bruno disse:

    acabei de perder o comentario longo que tinha feito… melhor pra todos! resumindo o que eu dizia…
    Walter Salles
    Lavoura Arcaica
    Selton Mello

  8. Xota do povo disse:

    Bruno, vejo que voce não entende de cinema inteligente. Talvez voce saiba sobre algum filme erótico (aqueles que voce aluga e fica batendo punheta na sala).
    Não tenha medo, divulgue aqueles com que voce ficava excitado.

  9. Felipe disse:

    Acho que o Rodrigo Santoro merecia uma menção honrosa por “Bicho de Sete Cabeças”.

  10. daniel disse:

    votei em “O signo do Caos” e “Serras da Desordem”, Eduardo Coutinho e Lázaro Ramos.

  11. Rodrigo disse:

    Diretor: Jorge Furtado
    Filme: O Homem q Copiava
    Ator: Lázaro Ramos

  12. Tererê disse:

    Filme: Cidade de Deus
    Ator: Matheus Naschtergaele
    Diretor: Fernando Meirelles

  13. ET disse:

    O Steven Allan Spielberg
    em 1969 fez o seu primeiro curta profissional, chamado Amblin. A história de um casal de jovens que se encontra no Deserto de Mojave ganhou prêmios em festivais importantes, como Festival de Veneza.Por esse filme ganhou um contrato com a Universal, onde teria a oportunidade de dirigir o seu primeiro longa-metragem em 1971, Encurralado (1972) (Duel).
    Produzido para a televisão, fez tanto sucesso que acabou por ser lançado nos cinemas; impulsionando a carreira do então diretor de 26 anos. O seu próximo trabalho seria Louca Escapada (1974) (The Sugarland Express), filme elogiado pela crítica mas fracasso de público.
    Durante uma visita ao seu marido na prisão, uma mulher o convence a fugir para resgatar o filho de ambos, que foi adotado por outro casal.
    Na fuga eles levam um policial como refém e são perseguidos pela polícia e pela imprensa.
    Com Goldie Hawn no elenco. Atualmente Spielberg cogita a sua refilmagem.

  14. Fernanda disse:

    Diretor: Cao Hamburger
    Filme: Lavoura Arcaica
    Ator: Santoro (por História de Maria)

  15. Bruno Stern disse:

    Diretor: Jorge Furtado
    Filme: Caminho das Nuvens
    Ator: Wagner Moura

  16. Beto disse:

    FILME: Impossível discordar de LAVOURA ARCAICA, genialidade irreconhecida.
    DIRETOR: pelo conjunto da obra, subtraindo-se o bizarro escorregão AGUA NEGRA, fico com WALTER SALLES.

    ATOR: Matheus e Selton Mello.

  17. araujo disse:

    “dadinho é o caralho, meu nome é zé pequeno porra!!!”, “…aí o cara é promovido a vapor, porque quando a polícia chega, o cara tem que evaporar…”, “…por que aquele filho da puta não me matou… corta pro zé pequeno: por que eu não matei aquele filho da puta ?? galera vamo voltá…”

    Cidade de Deus é o filme !!!

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo