Publicidade

Publicidade
26/02/2007 - 23:35

No YouTube, o passado sempre condena

Compartilhe: Twitter

É mais fácil ganhar um Oscar do que esconder um passado constrangedor no YouTube. Que o diga a rainha Helen Mirren, que pode ser vista abaixo em uma cena de sexo de gosto duvidoso em “Excalibur” (1981). E olha que a picante participação da atriz inglesa no pornô soft “Calígula” (1979) não pode ser encontrada no site de vídeos.

O VideoDog, do site Salon, encontrou as cenas que os outros indicados ao Oscar de interpretação deste ano gostariam de esquecer (veja aqui). No YouTube, o passado sempre condena.

***

Para quem achou que havia um tom de condenação moral na nota acima, aqui vai um adendo para esclarecer minha posição: tudo a favor de Helen Mirren, nada contra ela ter feito cenas de sexo. Eu apenas achei a seqüência cafona (apesar de John Boorman ser bom diretor). Mas há quem discorde. Sem problemas. Todos atores têm algo de que se envergonhar no passado. Na verdade, todos nós. O problema é que o YouTube não deixa que eles esqueçam. Esse é o ponto da nota.

Autor: - Categoria(s): Posts Tags:

Ver todas as notas

54 comentários para “No YouTube, o passado sempre condena”

  1. abstrato disse:

    eh isso ai…eu tambem se tivesse um blog so ia querer opiniao de gente entendida, gente que tem PHD em ler blogs, por exemplo…

    essa gente ingnorante eu excluia tudo…

  2. Luis disse:

    Cadê o sexo?
    Mas enfim, expressionante mesmo é a raivinha do pessoal que passa aqui.

  3. totonho disse:

    abstrato, criarei um blog chamado Explicando Ricardo Calil. Assim ele não tem q passar por esse constrangimento de explicar oq quis dizer. Talvez emplique o Tutty tb, tem uma galera que não saca as ironias. Agora, realmente, a cena é de sexo, mas não tem sexo.

  4. totonho disse:

    mas a Helen pagou peitinho.

  5. Jack Nicklaus disse:

    LETRAS MAIÚSCULA NA INTERNET É O MESMO QUE GRITAR. PORTANTO EU ESTOU G R I T A N D O…. SR. CALIL, TU REALMENTE É MUITO TOSCO. SEXO OU ATO SEXUAL NO DICIONÁRIO AURÉLIO É A PENETRAÇÃO DO MEMBRO MASCULINO (PÊNIS) NO ÓRGÃO SEXUAL FEMININO (VAGINA), PORTANTO A CENA EM QUESTÃO ESTÁ MAIS PARA UM SELINHO DO QUE QUALQUER OUTRA COISA. AH, SE TU NÃO SOUBER O SIGNIFICADO DE “TOSCO” PROCURA NO DICIONÁRIO.

  6. Mr. WRITER disse:

    Cafona, pode ser hoje, mas é difícil fazer avaliações e críticas das coisas de antes com o olhar de hoje…
    Assim, não dá pra avaliar a cena daquela época com os padrões “atuais”…
    O que é cafona hoje, pode ter sido sucesso na época… basta lembrar da moda na década de 80… quem era adolescente nesse período usava roupas horríveis, cores berrantes e cortes de cabelo que fariam as boy bands de hoje corarem de vergonha…mas era o padrão da época… a propósito, nasci em 1980…

  7. Mr. WRITER disse:

    E quem disse que Helen Mirren queria esquecer a cena?

  8. Tererê disse:

    Patavina!

  9. marcelo disse:

    Jack Nicklaus, letras maiúsculas nãosignificam gritar, significam um texto difícil de ser lido. Só isso. Ah, e significa que o ”autor” é uma besta.

  10. Seu Barbosa disse:

    As pessoas que frequentam este blog precisam entrar num curso de interpretação de texto! Urgentemente!

  11. lyo disse:

    Calil o passado já passou meu bem.Agora importa o Presente e a vida continua.

  12. Paultx disse:

    Pra quem tem tesão pela Helen Mirren, sugiro ver o antigo “A idade da reflexão” (“Age of consent”, de 1969), em que ela, bem jovem, contracena com James Mason. Ele faz um velho pintor que se exila numa ilha pra acabar seus dias e tem um relacionamento dramático com a bela habitante do lugar.

  13. nivea disse:

    Credo: teste do sofá. Alguém ainda confunde atriz com personagem?
    By the way, o que me impressionou foi a Kate Winslet. Ou ela já tinha cara de mais velha ou hoje ela tem cara de menina. O fato é que não mudou nada.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo