Publicidade

Publicidade
27/04/2007 - 11:52

O poderoso chefão de Hollywood

Compartilhe: Twitter

Por 38 anos, o Sr. Valenti foi a face pública da indústria de cinema e televisão e um de seus mais ferrenhos defensores. Ele fez lobby no Congresso para proteger os direitos autorais dos produtores contra a pirataria e para amenizar as barreiras comerciais de exportação. E ele rechaçou as constantes campanhas de advogados para limpar as telas de violência e sexo, usando o argumento da liberdade de expressão. Ele bolou o sistema de classificação de filmes por faixa etária justamente para evitar a censura por comitês locais.

Para o “New York Times” e boa parte da imprensa americana, Jack Valenti, que morreu ontem aos 85 anos, foi o Sr. Cinema Americano – o grande lobista dos interesses de Hollywood durante as quase quatro décadas que esteve à frente da Motion Pictures Association of America, que congrega os maiores estúdios da indústria audiovisual do país.

Para os cineastas brasileiros, porém, Valenti era o inimigo a ser combatido – o sujeito que estendeu a dominação de Hollywood nas telas brasileiras e atrapalhou o desenvolvimento do cinema nacional, com seu charme vulgar, suas conexões políticas e suas imposições de ínfimas taxas de importação de filmes americanos.

Seja qual for o ponto de vista, não dá para negar que Valenti foi fundamental para moldar o mercado do cinema mundial tal como o conhecemos hoje.

Autor: - Categoria(s): Posts Tags:

Ver todas as notas

6 comentários para “O poderoso chefão de Hollywood”

  1. DANIEL PEARL disse:

    O jornalista Luiz Nassif, em entrevista a Terra Magazine, acusou uma manipulação do câmbio em 1994/95. Procurados, FHC, André Lara Resende e Gustavo Franco não responderam à acusação. A Grande Mídia (Rede Globo, Rede Record, SBT, Veja, Época, Istoé, Estadão, Folha de São Paulo) se calou e continuará silenciosa para as gravíssimas denúncias de Nassif. Já o jornalista Arnaldo Jabor será processo pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia. Diante dos recentes acontecimentos, O Poder Judiciário num lamaçal até o pescoço continua agindo contra o povo brasileiro; a Polícia Militar prende o bandido e o Judiciário rapidinho, solta o marginal para voltar a infernizar o cidadão de bem. Você concorda com o Judiciário Brasileiro? Venha debater conosco, acesse o blog Desabafo País: http://desabafopais.blogspot.com Um abraço, Daniel Pearl.

  2. SOMBRAS ELÉTRICAS disse:

    Como profissional de Cinema brasileiro, um pequeno comentário: JÁ FOI TARDE, PILANTRA!

  3. amazonia disse:

    Eu ate me lembro de um protesto monumental em Sydney,na Australia,na ocasiao da visita do Valenti,por aquelas bandas.
    Os cineastas australianos tambem eram sufocados pelas maos do dito cujo.

  4. DARTHWEHMANN disse:

    Resultado para o Cinema Australiano: Crocodilo Dundee 1 e 2.
    Resultado para cinema Brasileiro: Foi criado uma estatal depois políticas de financiamento com dinheiro público = Corrupção e Patrulha Ideológica.

  5. DARTHWEHMANN disse:

    Agora um paizinho menor o Estado de São Paulo soube investir e produzir três excelentes filmes: A triologia Senhor dos Anéis e quantos oscars ganhou? A maioria dos filmes americanos são considerados ruins por quê é cinema de Entertenimento e a maioria das nossos também é tido como “cabeça”, que discute os problemas da vida….. mas por quê a maioria dos nossos filmes é ruim????

  6. Rogge disse:

    Concordo com SOMBRAS ELÉTRICAS: o cara já foi tarde. Só que os caras brasileiros que fizeram o jogo dele deveriam ir também. Vão se encontrar todos no inferno.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo