Publicidade

Publicidade
21/10/2009 - 23:37

Mostra começa com raro filme digno sobre futebol

Compartilhe: Twitter

selo_mostraA julgar pelos seus filmes mais conhecidos, como “Terra e liberdade” (1995) e “O Vento nos Libertará” (2006), o cineasta inglês Ken Loach é daquele tipo que acha que o futebol é o ópio do povo. Socialista de carteirinha, ele dedicou boa parte de sua carreira a dramas sobre a classe operária inglesa ou a épicos sobre a revoluções populares.

Mas, na verdade, Loach é um fanático por futebol, que foi assunto coadjuvante em alguns de seus filmes menos conhecidos. Em “À Procura de Eric”, filme que abre nesta quinta-feira a Mostra de Cinema de São Paulo para convidados (mais informações no site oficial), o esporte é elevado a protagonista.

O Eric do título é Eric Cantona, o rebelde jogador francês que foi um dos grandes ídolos do time inglês Manchester United. Cantona é o grande heroi de outro Eric (Steve Avets), um carteiro em crise existencial, com problemas como o envolvimento de um enteado com uma gangue local e a dificuldade para se reaproximar de seu antigo amor.

Certo dia, quando fuma um baseado, o Eric carteiro recebe a visita imaginária do Eric jogador (interpretado pelo próprio Cantona), e este passa a atuar como conselheiro para resolver seus problemas pessoais. Em meio à história, são mostrados alguns dos melhores lances de Cantona com a camisa do Manchester United.

O resultado é o trabalho mais acessível da obra de Loach, mas ainda assim um típico produto do cineasta inglês, atento aos dramas cotidianos da classe operária e crente em uma solução coletiva para problemas individuais, Por outro lado, trata-se de um filme bastante digno sobre a paixão pelo futebol, que é uma das maiores caveiras de burro da história do cinema.

O mais popular esporte do mundo nunca ganhou um filme de ficção à sua altura. Nem mesmo no Brasil, onde os poucos bons exemplares bem-sucedidos são documentais, como “Futebol”, de João Moreira Salles e Arthur Fontes, “Todos os Corações do Mundo”, de Murilo Salles, e “Garrincha, Alegria do Povo”, de Joaquim Pedro de Andrade.

“À Procura de Eric” não é o filme que irá saldar a dívida do cinema com o futebol, nem está entre os melhores trabalhos de Loach. Mas é um prazer ver que o cineasta socialista de 72 anos conseguiu valeu-se do esporte para dar um pouco de leveza a sua obra – ao mesmo tempo em que usou sua verve social para emprestar um pouco de gravidade ao tema.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

19 comentários para “Mostra começa com raro filme digno sobre futebol”

  1. David Nobrega disse:

    Acho que o sr. pode acrescentar na lista de bons filmes sobre futebol o ótimo “Boleiros”.

    • PutaMeda... disse:

      … E, para quem ODEIA futebol, tem algum filme que explore esta realidade? A propósito, ODIEI Bastardos Inglórios… Salve TROPA de ELITE!!!

  2. Clauke disse:

    Ô Calilzinho!
    Em que planeta você vive? Como é que você esquece de citar os filmes de futebol do Ugo Giorgetti. Bola fora carinha…

  3. Danton Robespierre disse:

    Orra meu, a cinematografia sobre futebol tem dois estágios: antes e depois do CANAL 100, do brasileiro Carlos Niemeyer. O resto é churumela.-

  4. Hebert Jacomo disse:

    Faltou falar do …
    COPA AMÉRICA EU VOU!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. José Guimar disse:

    Acho que o Todos os corações do Mundo (filme oficial da Copa de 1994), mesmo sendo chapa branca, um excelente filme.. Lá que eu descobri Wagner e como a ópera e o futebol podem combinar…
    Além do cara que grita Colombia Colombia Colombia até cair na rua algo fanático sem ser vândalo..

  6. João Leonel disse:

    Não esqueça de Boleiros 1 e 2 do Ugo Georgetti.

  7. Ricardo Calil disse:

    Pô, Clauke. “Boleiros” é um filme simpático, mas não muito mais do que isso… Abraço!, Ricardo

    • fábio disse:

      ………………………………………………………………………………………………..
      ……………………………..É verdade,……simpático
      ……………………………………………….e
      ………………….como eu ví na tv,……..quase,…… dormí.
      ………………………………………………………………………………………………..

    • Clauke disse:

      “Não ligue para o que os críticos dizem. Jamais foi erguida uma estátua para um crítico.”
      Jeam Sibelius

      “O ofício do crítico é o mais degradante de todos.”
      Mark Twain

    • fábio disse:

      …………………………………………………………………………………………………
      ………………………………………….Clauke?
      ………………………………………………………………………………………………..
      ………Todos os,..”ofícios” ,..tem gente que,….” DEGRADA”.
      ………………………………………………………………………………………………..
      ……………………………………………Ou seja,
      ………………………………………………………………………………………………..
      …………………………………………..filha da p…,
      ………………………………………………………………………………………………..
      …………………………………………….tem em
      ………………………………………………todas
      ……………………………………………….. as,
      …………………………………………………………………………………………………
      ………………………………………..PROFISSÕES.
      …………………………………………………………………………………………………
      …………………………..Concórda com a,…. premissa?
      …………………………………………………………………………………………………
      ……….Eu não sei qual é a do Ricardo,…aqui,….pois ainda
      ………………não comparei suas críticas com os filmes.
      …………………………………………………………………………………………………
      ………………………………………..Porém,
      ………………………………………………………………………………………………..
      …………..já ouví criticas e opiniões do Rubens Evald filho,
      ………………………….e BATEU direitinho,……. tudo.
      …………………………………………………………………………………………………
      …………………E o que é mais legal,…é que o,… Rubens,
      ………………………………………………NÃO
      ……………………………..conta a história do filme.
      …………………………………………………………………………………………………
      …………………………………………………………………………………………………
      …………….Então,… ficar…generalizando, é que não póde.
      …………………………………………………………………………………………………

  8. Felipe Gatica disse:

    Os ingleses são fantásticos nisso, são os que melhor retratam o futebol. Não tem documentário ou filme oficial de nenhuma competição que se iguale a produção Britânica.

  9. gilson disse:

    Por acaso vc é calil Bittar?

  10. Henrique - Santo André disse:

    P/ nós brasileiros todo filme sobre futebol tem q ser no mínimo levado em conta, MAS: “fuga para a vitória” contou com o melhor ator que um filme assim ter – por isso o considero o melhor, digno de ser lembrado!

    • PutaMeda... disse:

      … E, para quem ODEIA futebol, tem algum filme que explore esta realidade?

  11. Graja disse:

    Talvez pq a paixão pelo futebol é maior do q qualquer filme.

  12. PutaMeda... disse:

    … E, para quem ODEIA futebol, tem algum filme que explore esta realidade? A propósito, ODIEI Bastardos Inglórios… Salve TROPA de ELITE!!!

  13. Pericles disse:

    “O MILAGRE DE BERNA”

    Vcs precisam assistir um filme lindo, que tem como plano de fundo o futebol.
    Se chama o “Milagre de Berna”. a trama se passa em 1954, na lendaria partida em que a alemanha se sagrou pela 1ª vez campea mundial em cima da mitica seleção hungara.
    o filme retrata as consequencias da partida para o povo dos 2 paises. e Tem como fio condutor a comovente vida de um garoto de 11 anos e seu pai ausente dolar por varios anos que retorna as vesperas da partida.
    Aconselho todos a darem uma conferida.

  14. Iara disse:

    Preciso urgente encontrar para baixar TODOS OS CORAÇÕES DO MUNDO quem puder me enviar o link do downl o e-mail é iarinhain@yahoo.com

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo