Publicidade

Publicidade
15/11/2009 - 23:00

Novo “Fama” reflete infantilização de Hollywood

Compartilhe: Twitter

“Fama” (1980), de Alan Parker, foi o primeiro musical a que assisti, ainda no começo da adolescência. Mesmo sabendo hoje que não se trata de um grande filme, ainda guardo por ele algum carinho, por ter me apresentado a um gênero novo. Só muito tempo depois eu descobriria que “Fama” era apontado justamente como um dos principais sintomas da decadência do musical.

Apesar de não ter muitas expectativas, a decepção com o remake que estreou na semana passada foi inevitável. O novo “Fama”, dirigido por Kevin Tancharoen, passou por um processo de higienização.

Grosso modo, foi mantida a história original, sobre a luta de um grupo de jovens para entrar e se formar numa escola de artes performáticas de Nova York e encontrar um lugar ao sol na indústria cultural americana. Mas todas as partes adultas e sujas foram eliminadas.

Ainda existe um personagem gay, mas ele nunca sai do armário. Ainda há um assédio sexual, mas, tal como mostrado, ele parece uma brincadeira de criança. Ainda há jovens com problemas sociais – desta vez, nada a ver com drogas e gangues; é só o papai e a mamãe que não querem que eles cantem e dancem.

É um “Fama” que parece mais o “Fama” da Angélica do que o “Fama” do Alan Parker. Feito para espectadores de “High School Musical” ou do “American Idol”. Com personagens que cantam com a vozinha de Justin Timberlake ou o vozeirão de Jennifer Hudson.

De certa forma, o novo “Fama” também é um sintoma – não apenas de mais um momento difícil para o musical, como também da infantilização de uma certa produção hollywoodiana.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

3 comentários para “Novo “Fama” reflete infantilização de Hollywood”

  1. Willian Duarte disse:

    De pleno acordo com as afirmações. Cinema de qualidade já!!!

  2. fábio disse:

    ………………………………………………………………………………………………..
    ……………………………………………………………………………………………….
    …………………………………………Calil,
    ………………………………………………………………………………………………..
    ………………….eu também éra novo na época do,
    ………………………………………..”fama”.
    ……………..Mas eu acho que o que ficou foram as,
    ………………………………………músicas,
    ………………………………….você não acha?
    …………………………………………………………………………………………………
    ………………………………Élas eram,…. legais.
    ……………………………………………………………………………………………….
    …………………………………….Agóra,.. fazer,
    ………………………………’rimaique” daquilo,
    ……………………………….e conseguir piorar,
    ……………………………….o cara tem que ser,
    ……………………………………….”gênio”,
    …………………………………………heim?
    …………………………………………………………………………………………………
    …………………..Quem sabe ele é chamado pelo,
    ……………………………………….PROJAK,
    ……………………………………..prá fazer a,
    ……………………………”nóva” temporada de,
    …………………………………………………………………………………………………
    ………………………………………malhação.
    …………………………………………………………………………………………………
    ………………………………………………………………………………………………..

  3. Jaimones disse:

    É nostalgia é assim mesmo, as coisas parecem beem melhores enquanto estão somente na memória, basta rever, refazer, reprisar…..e percebemos que cada coisa em sua época e lugar, o Musical dos anos 80 gerou uma série q se bem me lembro tinha seus fás mas não é mencionada em lugar algum…as “res” são assim mesmo por melhor que alguém queira refazer algo a comparação pra bem ou mal vai lhe dar méritos que não merece, ou defeitos que não estão no contesto do tais dias atuais.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo