Publicidade

Publicidade
22/11/2009 - 23:08

‘Viver a Vida’ exaspera o cineasta Carlos Reichenbach

Compartilhe: Twitter

O cineasta Carlos Reichenbach (“Falsa Loura”, “Bens Confiscados”, “Garotas do ABC”, para ficar nos mais recentes) andou vendo “Viver a Vida” acidentalmente e soltou algumas frases impagáveis sobre a novela em seu blog:

“Depois de duas semanas, ficou impossível conter a angústia e a perplexidade que me incomodavam. Desabafei com Lygia, minha mulher: ‘Tô ficando louco ou nessa sua novela que você assiste com tanto interesse (e que, aparentemente, dá uma audiência danada) não acontece nada?’.”

“Cáspite, será que a franquia “Gente Como a Gente” não acaba nunca?”

“Leio pasmo a mídia saudando com adjetivos superlativos o naturalismo tacanho de uma atriz/personagem que previu o acidente da filha. Devo estar ficando insensível porque não vi nada demais (a não ser o uso irritante da música de efeito).”

“Se há algum ponto alto a destacar no elenco é – sem nenhuma dúvida – o esforço hercúleo da atriz principal Thaís Araújo em extrair dignidade de seu personagem inócuo. Aliás, se há uma atriz no país que vem afinando seu talento e sensibilidade (ano após ano) é esta moça.”

“Ainda a respeito do ritmo YANNI (leia-se ‘chove não molha’) da trama, esse mesma enorme audiência da novela das oito me pareceu preparadíssima para degustar qualquer Tarkóvski no Tela Quente das segundas feiras. Quem diria: o minimalismo chegou à novela das oito!”

Ele vai me odiar pela sugestão. Mas seria ótimo se Carlão, que escreve sobre cineam como poucos, se tornasse também crítico de novela. Nós, leitores, agradeceríamos muito.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

27 comentários para “‘Viver a Vida’ exaspera o cineasta Carlos Reichenbach”

  1. Marcos disse:

    o zina acaba de ser contratado pela globo e só terá de aparecer entre os os intervalos da novela viver a vida dizendo a palavra CORNO, é que o Manoel carlos descobriu que Zina , desde que foi preso virou fã de viver a vida e toda noite assiste o festival de corno da novela e agora em vez de dizer o tradicional RONALDO de antes ele só fala… “CORNO”

  2. Matildes disse:

    Por favor algurm aí da justiça tirem a garotinha do ar, umas cruança não pode ser explorada num enrredo de traição como o manoel carlos está fazendo, alem de ser uma personagem malcriada e maleducada se comportando como uma velha com todas as caracteristicas de um carater de insubordinação que jamis deve ser encontrada em uma criança e isso é um mal exemplo, alem do mais este papel tambem prejudica a formação do carater desta garotinha eu só não entendo que pro muito menos tiraram Maisa do ar e até agora nenhuma autoridade reage e tira esta crinaçinha deste mal exemplo. Por favor divulgue esta minha insatisfaçaõ

  3. Olivia disse:

    Só quero dizer que já não assisto mais esta novela, mais sei que ainda estão com a garotinha fazendo aquele papel que agora os blogs chamam de a terrivel Rafaela, acho que tudo isto é um mal exemplo para criancinhas só não entendo o porque da recomendação de que criança não deve assitir neste horario e eles colocam uma criança desta idade para representar no meio de tanto corno e deslealdade conjugal desrrespeito ás familias, será que os juizes não estão vendo o quanto esta sendo prejudicial tudo isto para a porpia formação desta criança e a sociedade, gostaria tambem que algum tribunal proibisse a Globo de colocar esta criançinha com aquele papel nefasto no meio de tanta traição, esta sendo muito danoso pra muita gente
    Responder

    • ILDETE disse:

      OLÍVIA,a Rafaela,não é pior que a declaração que a TAÍS DEU numa revista FAZENDO APOLOGIA A TRAIÇÃO.EU VEJO QUE A RAFAELA TEM CIÚMES DO BRUNO COM A CHATELENA.DIGITE CHATELENA E FICARÁ ABISMADA.

  4. lui disse:

    Esse maneco faz apologia a riqueza,é facil viver a vida com dinheiro ,ate ficar paraplegico,perder os braços e duas pernas, com dinheiro tudo se resolve. queria ver se fosse um defeituoso pobre enfrentando varios obstaculos desse nosso serviço publico. o bene por ser pobre,ladrão e manco
    nao teve solução e nem rejeneração ,o maneco matou.Realmente esse autor não gosta de pobre

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo