iG

Publicidade

Publicidade
08/12/2009 - 00:47

Bola de cristal revela bom 2010 para cinema nacional

Compartilhe: Twitter

Vamos brincar um pouco de bola de cristal. Na minha, começam a aparecer sinais de que o 2010 do cinema brasileiro será ótimo, ao menos em termos de público. Com base em uma lista de lançamentos do site Filme B, é possível arriscar que o próximo ano será o segundo melhor do período da retomada, logo abaixo de 2003, que registrou mais de 22 milhões de espectadores para filmes nacionais.

Quais são os indícios? Primeiro, claro, “Lula, o Filho do Brasil”, que estreia em janeiro. Talvez o filme não chegue aos 10 milhões de espectadores desejado pelo produtor Luiz Carlos Barreto. Mas dá para dizer, sem medo de errar, que ele quebrará o recorde de público da retomada que hoje pertence a “Se Eu Fosse Você 2″, que teve mais de 6 milhões de ingressos vendidos.

Até aí, foi fácil. Agora uma previsão mais ousada: “Chico Xavier”, biografia do médium mineiro com a assinatura de Daniel Filho, vai se aproximar da casa dos 5 milhões de espectadores. De onde vem essa certeza? Do sucesso de “Bezerra de Menezes”, filme modesto que levou mais de 400 mil pessoas ao cinema apenas com seu chamariz espírita, quase sem campanha de marketing.

Para finalizar, chuto outros quatro filmes que, a meu ver, vão ultrapassar a barreira de 1 milhão de espectadores: “Quincas Berro D’Água”, “Bruna Surfistinha”, “O Bem Amado” e “Tropa de Elite 2″. Ou seja, seis filmes acima dessa marca – um a menos que em 2003.

Minha bola de cristal só não consegue me dizer se 2010 será bom em termos de qualidade. Aí só Deus sabe. Nesse caso, as previsões são retroativas. Só dá para afirmar que 2009 foi decepcionante nesse sentido. Mas isso vai merecer um outro post em breve.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

34 comentários para “Bola de cristal revela bom 2010 para cinema nacional”

  1. Miguel Duarte GUimaraes disse:

    Agora, sobre Chico Xavier, quando cantaram a bola que fariam, eu de cara já pensei “Que sacada!” Tinha lido em algum lugar que este é o maior país “escondidamente espírita” do planeta, e que num sei quantos por cento dos que se dizem católicos é, na verdade, composto de fakes que são super kardecistas mas não têm coragem de se declararem como tais… E aí vem alguém fazer um filme sobre aquele cara que é ícone… Espertíssimo o Daniel Filho, não? E finge que esnoba o Oscar, mas este é o tipo de biografia que – se mininamente bem feito – pode chegar a disputar em 2011 uma vaguinha a Melhor Filme de Lingua Estrangeira. (E pobres dos caras da Conspiração, que comeram bola e perderam mais uma posição, quando saiu das mãos da produtora um potencial blockbuster desses)

  2. Welington Liberato disse:

    Tomara que vc esteja certo. Acho difícil o flme de Lula ultrapassar 6 milhões (espero que sim). Acho que O Bem Amado e Tropa de Elite vão fazer, no mínimo, 3 milhões. OL Bem Amado tem um texto genial. Tem o novo da Lais Bodanky e do Arnaldo Jabor…….

  3. Fabio Barros disse:

    Em 2010, o filme Rio, eu te amo também será rodado na cidade maravilhosa. Enquanto isso, os produtores e diretores criaram um canal sobre o conteúdo colaborativo do filme. Seguem detalhes:

    Rio, Eu Te @
    O filme “Rio, eu te amo” contará com conteúdo colaborativo pela internet
    Pela primeira vez na história do cinema brasileiro será lançado um filme com a colaboração do público através das redes sociais. Os produtores do coletivo “Rio, eu te amo” – que já tem José Padilha e Fernando Meirelles entre os diretores brasileiros -, querem que as pessoas se envolvam e ajudem a contar as histórias de amor que têm e sentem pelo Rio.

    O objetivo é formar uma plataforma colaborativa e interativa com diferentes públicos sobre a universalidade do amor, essência da série Cities of Love, que já realizou “Paris, je t’aime” e “New York, I love you”. A estratégia integrará mídias diversas, de diferentes formatos, extrapolando a tela do cinema. A “onda” Rio, eu te amo será repleta de ações nos próximos dois anos para gerar engajamento e conteúdo colaborativo.

    Os apaixonados por cinema e os internautas de uma forma em geral poderão sugerir lugares para as filmagens do longa metragem, contar suas histórias românticas que aconteceram no Rio, sugerir nomes de atores para o elenco do filme, entre outras ideias. As opiniões, sugestões e depoimentos já podem ser dados através do twitter no http://www.twitter.com/rioeuteamo. As sugestões mais interessantes – serão avaliadas pelos produtores e diretores do filme – poderão entrar no roteiro oficial.

    A onda de amor ao Rio está sendo formada por três grandes talentos brasileiros: Paulo Perez (diretor da área interativa da BossaNovaFilms), o premiado publicitário Jader Rossetto (ex-diretor de criação da DM9) e Oskar Metsavaht, da Osklen e da om.art, que dará o conceito e estilo Rio de Janeiro.

  4. francisco abreu lima disse:

    tenho a certeza de quem vai arrasar na estréia é sem dúvida o filme quincas berro d´agua.
    já vi o trabalho do sergio machado e o cara é muito bom sem falar nos profissionais que fizeram parte desse longa.

  5. alcy santana disse:

    O filme sobre vida de “lula” deveria ser lançado apos as eleiçoes, é propaganda eleitoral das epoca dos coroneis. rs

  6. Terence disse:

    Olha só: minhas cartas do Tarô aqui indicam que o filme do Lula não vai chegar nem na metade de espectadores do “Se eu fosse vc 2″
    E há dois filmes nacionais que serão lançados em 2010 que farão sucesso: “Família Vende Tudo” e “Brother” – pode escrever!

  7. FELIPE disse:

    QUE MICO FALAR QUE O FILME DO LULA SERIA RECORDISTA, HEIN?! PIOR DO QUE ISSO SÓ O VEXAME DO QUE O BARRETÃO FALOU… MAS ELE TINHA QUE TENTAR VENDER O PEIXE PODRE DELE DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL MESMO..

  8. O filme do Lula,eu mesmo fiz o acompanhamento de publico,e foi um fiasco,tal qual,o do cantor Daniel.
    não adianta o diretor ser bom,o roteiro,o enredo tambem não ajudavam.
    A vida do lula não daria filme nem aqui,nem na china.
    mas,ja que fizeram dar,que paguem o preço da prepotencia,com a escassez de publico.
    ” Se eu fose voce Ii”, o publico foi,porque a distribuidora não deixava sair de cartaz,e fechou acordo com os donos de cinema.
    mas,pouco tinha de engraçado,pois,a Parceira do Tony ramos,não sabia interpretar o appel masculino com coerencia.
    Filmes de grande repercussão entre o publico,que gosta de coisas hilarias,foi: “casa da mãe joana”,e “guerra dos rochas”.
    O filme “Mulher Invisivel”,tambem foi um sucesso enorme.
    Vamos,aguardar e ver as expectativas para 2010.

  9. bruno disse:

    O filme do lula teve mais gente que eu imaginava(800.000),devem ter distribuido ingresso com dinheiro do pac….

  10. O cinema brasileiro teve uma fase boa entre abril de 2007,e novembro de 2008. Depois acabou a inspiração dos cineastas,e muita gente ruim se empolgou para fazer filme,e as telas ficaram empesteadas de peliculas sem nexo.
    Um filme bom de 2008,que carrega consigo traços extremamente existenciais,é ” O signo da cidade”,que aborda as vidas entrelaçadas e entrecortadas de pessoas da grande metropole paulistana. Uma coisa linda e chocante de ser ver. Um convite à reflexão.

Deixe um comentário:

Antes de escrever seu comentário, lembre-se: o iG não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!

Os campos com * são de preenchimento obrigatório







Voltar ao topo