Publicidade

Publicidade
18/08/2010 - 21:25

Comerciais de moda “roubam” diretores do cinema

Compartilhe: Twitter

“David Lynch dirige a bela Marion Cotillard em um thriller romântico ambientado na antiga Xangai”. Ou: “Na sua última vez atrás das câmeras, Dennis Hopper dirige Gwyneth Paltrow em um passeio por Roma inspirado em Antonioni”. Ou ainda: “O diretor Jean-Pierre Jeunet e a atriz Audrey Tautou, de ‘O Fabuloso Destino de Amelie Poulain’, voltam a trabalhar juntos, desta vez em uma história de amor ao estilo de ‘Desencanto’ que vai te deixar grudado na cadeira”.

Você, cinéfilo, gostaria de ver esses filmes? Como mostra a reportagem da revista eletrônica “Slate”, eles já foram feitos. Mas são “filmes publicitários”, termo bonito para se referir aos velhos comerciais. E são, mais especificamente, comerciais de roupas, acessórios e perfumes. Uma tendência que ganhou força nos últimos anos e tem atraído, possivelmente com quantidades generosas de dinheiro, alguns dos diretores e atrizes mais importantes do cinema atual.

Nada contra, claro. Até cineastas milionários têm que pagar suas contas. Mas, se eu pudesse escolher, preferia que David Lynch estivesse se dedicando a outro longa de ficção (já que seu último, “Império dos Sonhos”, foi lançado há quatro anos) e não uma propaganda de bolsa. Ou que Dennis Hopper tivesse deixado como testamento um filme que não fosse publicitário. Isto posto, alguns desses comerciais são mais “cinematográficos” do que certos filmes que vi recentemente.

Abaixo, uma pequena seleção dos comerciais de moda, começando pela primeira parte de “Lady Blue Shangai”, que David Lynch fez para vender a bolsa Lady Dior:

Agora o francês Olivier Dahan, de “Piaf”, tenta vender o mesmo acessório:

Por film, comercial do perfume Chanel 5 por Jean Pierre Jeunet:

Para ver outros exemplos de comerciais de moda dirigidos por grandes cineastas, clique aqui.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

2 comentários para “Comerciais de moda “roubam” diretores do cinema”

  1. fábio disse:

    …………………………………………………………………………………………………
    ………………………………………….Bom,
    …………………….só aguentei ver os 2 primeiros.
    …………………………………………………………………………………………………
    ………………………………Acho que a Lui Viton,
    ……………………………………vai é a falência
    …………………..se puser isso aí no cinema ou na tv.
    …………………………………………………………………………………………………
    ………………………………..Pu.., …coisa,….. chata.
    …………………………………………………………………………………………………
    …………………..Só faltou uma “versão” do Bérgman
    …………………………………….prá completar.
    …………………………………………………………………………………………………
    ……………………………………………..Ahn,
    ……………………………….e do “Gráubi” também.
    …………………………………………………………………………………………………

  2. Tatiana Aneas disse:

    Engraçado dizer que “Até cineastas milionários têm que pagar suas contas”. Até parece que é por isso que eles fazem publicidade.

    Outra, isso não é tendência dos últimos anos. Fellini dirigiu filmes do Campari nos anos 60 e Ridley Scott é publicitário desde os 20 e poucos.

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo