Publicidade

Publicidade
19/04/2011 - 15:29

Roberto Carlos deixou o cinema brasileiro mais veloz

Compartilhe: Twitter

Roberto Carlos fez centenas de canções, dezenas de especiais de TV e apenas três filmes. E, sem dúvida, seu legado musical e televisivo é maior, mais relevante e mais profundo que o cinematográfico. Mas o impacto do rei no cinema nacional não é nada desprezível.

E se fosse possível resumir a uma palavra a herança cinematográfica de Roberto, ela seria: velocidade. Os três filmes que ele protagonizou ao lado de Erasmo e Wanderléa, dirigidos por Roberto Farias, são apologias à velocidade – algo que pode ser notado não apenas em cena (nas corridas de carro, nos passeios de helicóptero, por exemplo), mas também no ritmo acelerado dos filmes.

Ah, sim, nos títulos também: “Roberto Carlos em Ritmo de Aventura” (1967) e “Roberto Carlos a 300 quilômetros por hora” (1971) – a exceção fica por conta de “Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa” (1972).

A operação que o rei e seus comparsas executaram no cinema foi parecida com a que a relizaram na música. Inspirados pelos Beatles (em particular no filme “Help!”), eles tentaram trazer para nossos filmes uma sensibilidade mais contemporânea, mais pop, mais… veloz para nosso cinema. Na época, isso foi um grande contraste com o que vinha sendo feito antes – da mesma forma que na música. E, na verdade, não houve muita coisa feita depois no cinema brasileiro que uniu essa sensibilidade pop a uma qualidade cinematográfica.

Para mostrar como a velocidade era a essência dos três filmes, aí vão três vídeos tirados do YouTube.

1) A abertura de “Roberto Carlos em Ritmo de Aventura”

2) A abertura de “Roberto Carlos a 300 quilômetros por hora”

3) O clipe de “É Preciso Saber Viver” em “Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-Rosa”

Para terminar, o iG fez uma bela série de vídeos sobre a carreira de Roberto, com um ótimo episódio dedicado a seus filmes.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

9 comentários para “Roberto Carlos deixou o cinema brasileiro mais veloz”

  1. gesiel disse:

    “”””””””ESSE É O UNICO REI QUE O BRASIL TEM””! Religioso e Superticioso, mas acima de tudo “AMOROSO PRINCIPALMENTE COM OS FILHOS”. Também NINGUÉM NUNCA OUVIU FALAR QUE O ROBERTO CARLOS “ROUBOU O BRASIL SONEGANDO IMPOSTO”. Um rei de verdade, que “ATÉ CALADO É UM POETA”. Vida longa “””AO NOSSO JOVEM REI””!

  2. Ricardo Mallio Mansur disse:

    Assim como Pelé e Ayrton Senna, Roberto Carlos se coloca como ícone que a própria história os classificará como únicos. Pelé e Ayrton já são celebridades mundiais e Roberto é questão de tempo. Tempo que sempre esteve presente entre os três. O tempo certo da bola, o tempo mínimo nas pistas e a metricidade perfeita nos versos os coloca como mestres no binômio “Velocidade/Tempo”. Tive muita sorte de viver na mesma época dos ícones, desde o início de suas carreiras. Brasileiros Fantásticos!

  3. CHICO CACHACINHA disse:

    E isso ai Bichoooo……..meu Rey…….Roberto……

  4. fourny disse:

    COMO ESSE CARA MARCOU MINHA VIDA!!! SUAS MÚSICAS ME EMBALAM NO TEMPO E ME AJUDAM A CONTAR MINHA HISTÓRIA! SEUS FILMES LEMBRAM MINHA INFÂNCIA, SUA RELIGIOSIDADE ME LEMBRA MINHA FALECIDA MÃE! SUAS LETRAS FORAM ROUBADAS POR MIM PARA DECLARAR MEU AMOR AS MENINAS QUANDO NÃO SABIA O QUE FALAR! O VERDADEIRO SÍMBOLO VIVO DESSE POVO! PARABÉNS REI!!!

  5. João Vilaça disse:

    Gente convenhamos as músicas do RC são muito bregas.

    REI??? SÓ SE FOR DO BREGA. KKKKKKKKKKKKKK

  6. Werikson da Mata disse:

    A RESPEITO DO COMENTÁRIO DO RICARDO, QUE O ROBERTO VAI SE TORNAR UM ÍCONE MUNDIAL.

    ELE NUNCA VAI SER UM ÍCONE MUNDIAL UM CANTOR PARA SER ÍCONE MUNDIAL TEM QUE CANTAR EM INGLÊS.

    FORA DO BRASIL NINGUÉM CONHECE NENHUM CANTOR BRASILEIRO. PARA DE MENTIR PRA SI MESMO.

  7. verdade disse:

    Werikson, você é muito mal informado, o RC é mundialmente conhecido, na Europa (principalmente em Portugal e na Espanha), nos EUA e na América Latina.
    Procure se informar mais antes de proferir um comentário inócuo como o seu.

  8. benevides disse:

    Minha gente…quanta babaquisse, alguns idiotas falarem mal do Roberto Carlos, será que essa gente não tem mãe, não tem pai? pois tenho quase certeza que este cidadão veio ao mundo ao som de uma bela canção romântica do nosso REI, pois é só pensar numa frase que ela estará numa das músicas deste único e verdadeiro artista chamado ROBERTO CARLOS BRAGA REI.

  9. sandra disse:

    Ao mal informado,quero dizer que o REI canta em diversas linguas: ingles,italiano, espanhol e outros etc.
    Ele ate ganhou um festival em SAN REMO na italia com a musica CANCIONE PERTE em 1966.
    Portanto ele ja é um ícone mundial,um exemplo de ser humano um poeta ate nas horas dificil de sua vida .

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo