Publicidade

Publicidade
05/04/2012 - 17:57

Adeus ou até logo

Compartilhe: Twitter

Depois de longas e imerecidas férias, volto apenas para me despedir. Depois de quatro anos de NoMínimo e outros quatro de iG, o Olha Só deixa de ser atualizado. Aproveito este último post para agradecer à turma do portal: Mariana Castro, que trouxe o blog para cá, Cadão Volpato e Thiago Ney, que foram editores atenciosos e talentosos, e em especial ao Marco Tomazzoni, mais frequente e sempre gabaritado interlocutor. Agradeço também e sobretudo aos pacientes e generosos leitores, que me aguentaram nesses últimos anos, em particular ao indefectível Fabio, que comentou quase todos os posts ao seu estilo tracejado.

Queria ter atualizado mais o blog, respondido a mais comentários, ter sido mais profundo e perspicaz nos posts… Mas paro por aqui antes que isso pareça um poema do Borges ou, pior, uma música dos Titãs – e não a modesta despedida de um blog.

Um abraço a todos,
Ricardo

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

29 comentários para “Adeus ou até logo”

  1. Ricardo, sem chance do blog continuar em outro espaço? Era meu espaço favorito quando o assunto era cinema… Linkei suas resenhas sempre que foi possível lá no Melhores do Mundo.net.

    • ricardo calil disse:

      Oba Tiago, muito bom saber que o Olha Só era teu favorito. Não há planos para voltar com o blog no futuro próximo. No futuro distante, quem sabe… Valeu. Um abraço, Ricardo

  2. Um dos melhores blogs sobre cultura e cinema. Volte logo. Abraço

    • ricardo calil disse:

      Valeu, Allan. Teu elogio mostra que valeu a pena. Abraços

  3. fabio... disse:

    ………………………………………………………………………………………………..
    …………………………………Anh,…meu, …sério ?
    ………………………………………………………………………………………………..
    ……………………………….Você está saindo fóra ?
    ……………………………………………………………………………………………….
    ………………………………….Que pena, …..Calil !
    ………………………………………………………………………………………………
    …………….Era o único blog de cinema que eu participava.
    ……………………………………………………………………………………………….
    ………………………..Este “ig ” é uma mer.. , mesmo,
    ………….ao invés de segurar você aqui eles te perdem.
    ……………………………………………………………………………………………….
    …………………………………………..Calil,
    …………. foi muito legal ter participado aqui com você
    ……………eu que agradeço tua paciência com minhas
    …………………………………..” grosserias “.
    ………………………………………………………………………………………………
    …………..Você é um cara Humilde, Honesto e Elegante.
    ……………………………………………………………………………………………….
    ……………….Acertou e ensinou a todos sobre cinema,
    …………………………….obrigado pelo espaço.
    ………………………………………………………………………………………………
    ……………………Se você for para um outro ” Portal ”
    ……………………….avise prá gente ir com você.
    ……………………………………………………………………………………………….
    ………………Obrigado mais uma vez por tudo, amigo.
    ……………………………………………………………………………………………….
    ……………………………………..Abraço,
    ………………………………………Fábio.
    ……………………………………………………………………………………………….

    • ricardo calil disse:

      Obrigado, Fábio. Você foi sempre um companheiro do blog. Se em algum momento eu for para outro lugar da internet, espero contar novamente com sua contribuição única. Grande abraço, Ricardo

  4. Rafael Porto disse:

    Uma baita perda para minha argumentação em rodas de conversa sobre cinema! Se for para outro canto, nos comunique, por favor!

    Queremos continuar o bom papo que mantínhamos por aqui…

    • ricardo calil disse:

      Oba Rafael, obrigado pela leitura e pelos comentários. Continuo escrevendo para a Folha. Se pintar outro blog, eu aviso a turma. Abraços

  5. Márcia disse:

    Que pena, Calil! Não debatia muito, mas acompanhava sempre e gostava muito das suas observações sobre o cinema. Eram sempre diferentes do que a gente costuma encontrar. Crie outro blog!

    • ricardo calil disse:

      Oi Márcia, deixa o pessoal descansar. Não quero torturar ninguém com outro blog tão cedo. Obrigado pela companhia! Beijos, Ricardo

  6. zé josé disse:

    rapaz, que pena. abração.

    • ricardo calil disse:

      Rapaz, precisamos botar o papo em dia. Você não vem a SP? Abraços

  7. Hugo disse:

    Caramba Ricardo, que perda viu. Mesmo não postando, li todos os seus posts desde que vc migrou para o IG e uma grande parte dos do No Minimo. Abriu minha cabeça em vários pontos. Concordava com vc em quase tudo. Boa Sorte em sua jornada. Sempre googlarei(?) seu nome. Abraços

    • ricardo calil disse:

      Valeu, Hugo. Fico feliz de saber que você estava por aí. Abraços

  8. Guilherme disse:

    Boa noite Ricardo. Cara, não dá pra ficar fora. Olha ao seu redor, estamos ficando sem lugar de discussões. Não estou dizendo que é o melhor lugar ou que é freqüentado pelas melhores pessoas. A Questão é o universo de idéias e caminhos que foram sugeridos e, pra mim, as tramas culturais estabelecidas e aprofundadas.

    • ricardo calil disse:

      Oi Guilherme, existem espaços de discussão sobre cinema bem bacanas por aí. Mas agradeço por você achar que eu farei falta. Sorte na busca. Um abraço, Ricardo

  9. Marina Maciel disse:

    Poxa! Não estava esperando ler isso.
    Vai fazer falta! E já vi aqui nos comentários que não vai “pintar” outro blog seu sobre cinema tão cedo – mas já deixo avisado que fico no aguardo! ;)
    Boa sorte, Calil! Tudo de melhor pra vc!

    • ricardo calil disse:

      Oi Marina, obrigado pela companhia. Por enquanto, vamos deixar a turma descansar. No futuro, quem sabe a gente se encontra em outro blog. Um beijo, Ricardo

  10. Beatriz Proba disse:

    Ahhhh… Não, não e não, não pode! Como assim? Acompanho desde o NoMinimo, não quero mais uma despedida… Mas, enfim, seja lá qual for o motivo do adeus, queria falar que era frequentadora assídua do seu pedaço virtual, vou sentir muita falta dos comentários que, na minha opinião, eram sempre muito bem escritos e fundamentados. Boa sorte em tudo o que fizer!

    • ricardo calil disse:

      Oi Beatriz, muito obrigado. Que bom encontrar esses leitores silenciosos agora na despedida. Sorte para você também. Nos trombamos por aí. Um beijo, Ricardo

  11. Dhian Picinin disse:

    Pô Ricardo, isso sim é uma notícia triste para a sexta-feira treze. Acompanho seu blog desde o No Mínimo.

    Você sempre trazia argumentos para minhas discussões sobre cinema. Agradeço por todas as análises discussões que você ajudou a embasar. Até breve.

    • ricardo calil disse:

      Valeu Dhian, eu é que agradeço a companhia. Nos vemos por aí. Abraço.

  12. Monique Oliveira disse:

    Calil, chorei!
    O seu blog é um dos melhores que já acompanhei ate hoje!
    Vai fazer muita falta!

    Fico na esperança de ainda revê-lo em outro!

    Abraço!

    • ricardo calil disse:

      Olá Monique, chore não. Tem muita coisa boa por aí. Mas bom saber que o Olha Só vai fazer falta. Sorte e um beijo

  13. Marcela Medina disse:

    Depois de vários acessos inglórios (você estava de férias), encontro linhas novas no seu blog e… surpresa bastarda: é um adeus (?)!!!!! Que pena! Encontrava por aqui interlocução inteligente e pensamento sensível. O texto sobre Rhomer foi um dos mais bonitos que li sobre arte, você ultrapassou naquele momento as fronteiras do discurso sobre cinema e atingiu algo maior. Talvez a captação do que de humano existe na fruição estética.
    Vá bem e, se puder, volte. Vou ficar na esperança de te encontrar por aí.
    Em tempo: acabei de ver “Uma Noite em 67”. Tive lágrimas nos olhos… no melhor de todos os sentidos.
    Grande beijo.

    • ricardo calil disse:

      Oi Marcela, muito obrigado pelo teu carinho. Foi uma das mensagens que me fizeram acreditar que valeu a pena. Ótimos filmes para você, sempre. Beijos

  14. Gustavo Oliveira disse:

    reforço as palavras dos amigos e lamento profundamente saber disso, espero que retome em breve as atividades.aqui
    acompanhei seu blog desde o no minimo e foi sem dúvida um espaço que enriqueceu a minha vida e o meu amor pelo cinema.

  15. Gustavo Oliveira disse:

    ps aqui ou em outro lugar

  16. Alexandre Cesar Pereira disse:

    Depois de algum “tempo”. O que já não o tenho venho descobrir o motivo de seu desaparecimento! Calil uma falta insubistituivel ! Sucesso! Sucesso! So o que tenho a lhe desejar!

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo